sexta-feira, 31 de julho de 2009

Hoje tive que ir na faculdade/hospital resolver burocracias de matrícula. Chegando lá, pessoas de máscara EVERYWHERE! Primeiro pensamento: "Meu deus! Eu tô desarmada! Quando anoitecer vão aparecer os zumbis!".

quinta-feira, 30 de julho de 2009

E, se é para brincar de pandemia, quero ser uma personagem da Michelle Rodriguez!

Me explico

Em virtude da gripe suín, digo, da gripe A, as aulas na UFRGS foram suspensas com previsão de retorno para o dia 17 de agosto. O objetivo da medida é prevenir a disseminação da doença.

Aí talvez você ache "que legal, mais férias!", mas eu lhe digo, não, isso é uma grandessíssima merda, e eu não fiquei nada contente. Na transição do 6º para o 7º semestre lá na faculdade, a previsão de férias era de quatro semanas; como vamos perder duas semanas no início do semestre, ele vai durar duas semanas a mais no final, deixando a gente com apenas duas semanas de férias no verão. Não é superdivertido?!

Antes que alguém me dê um sermão sobre a importância da medida, a saúde pública, a solidariedade, a segurança dos alunos e da população e sei lá mais o quê, já aviso que - se a medida é de fato sensata e eficaz, coisa que eu não tenho como avaliar - eu concordo e a apóio, mas, ainda assim, tenho direito de reclamar das minhas férias esculhambadas, né, afinal de contas isto aqui é um blog, e não um site da OMS!

Enfim, o jeito é tentar aproveitar para fazer coisas férias-like por agora.

(Agora, cá entre nós, que tudo isso parece meio surreal, isso parece!)

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Bom, pelo jeito minhas poucas férias de verão acabaram de ser destruídas.
O jeito é brincar de férias no meio da pandemia.
Céus, tentação de voltar a frequentar reuniões para chapa do centro acadêmico.
Gente, preciso de muita ajuda nesse momento.
E o pior é que eu nem tirei fotos das barracas de "hospital de campanha" para mostrar para vocês.
Medidas contra pandemia, tô me sentido num filme.

terça-feira, 28 de julho de 2009

O semestre mal começou, e eu já dormi na frente do computador da sala de prescrição do 5º norte.
E fiz uma pastinha no meu webmail só para guardar os e-mails que a gente se troca, como aquelas caixas coloridas onde a gente guardava bilhetinhos de amor na adolescência.
Sério, tô perdida, né? Pode dizer, eu aguento ouvir. Não tem cura, Doutor, é isso?

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Retirar dos ombros o peso da obrigação de ser original libera espaço para coisas mais importantes.

Charles Kiefer.

domingo, 26 de julho de 2009

That's the mom I'd like to be.

"I am a lesbian and I was walking through a busy town holding my girlfriend's hand. As usual, we were glared at and yelled at a lot. Then we passed a woman walking with her daughter, who was maybe 7 years old. The little girl asked her mom why two girls were holding hands, and we heard her say after we passed, "Because they love each other." GMH

Daqui.

The uses of sorrow

(In my sleep I dreamed this poem)

Someone I loved once gave me
a box full of darkness.

It took me years to understand
that this, too, was a gift.


Mary Oliver

(Achado aqui.)

quinta-feira, 23 de julho de 2009

quarta-feira, 22 de julho de 2009

E a ironiazinha "divertida" só para quem curte House: a paciente de quem ganhei rapadura tem lúpus.
(Aos poucos acalmando demônios.)

terça-feira, 21 de julho de 2009

\o/ Primeiro presente de paciente: rapadura de Santo Antônio da Patrulha! \o/

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Depois de 6 anos de vôo solo, tô namorando de novo.
Feliz dia do amigo, meus amores todos.
Melhor coisa poder compartilhar com vocês essa nova fase da minha vida.
Amo vocês.
Fiquem bem.
...
Roubado daqui. Se alguém souber o autor da foto, avise.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Amores, tô indo para a morada dos Hobbits, volto segunda. Se der, posto de lá, mas acho que vai ser difícil.
Fiquem bem.
Sim,eu ando brega. Ser brega é uma prerrogativa dos apaixonados, e eu acredito no dever moral de exercer plenamente todos os meus direitos.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Quando as pessoas são muito hábeis para amar, as possibilidades se tornam infinitas.

Primeiro filme

Sintoma preditor de prognóstico?

sexta-feira, 10 de julho de 2009

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Carpe diem.
A gente tem muito pouco nessa vida para ficar se preocupando com bobagem...
Sério, pessoal, acabou-se, é só uma prova. Sei que a gente fica frustrado, porque o esforço foi grande, mas chega! Cheer up! Hug a friend, kiss a nice boy, read a good book, smell the flowers, smile to a stranger! Life goes on!

Fico doente quando vejo pessoas chorando ou ficando muito mal por causa desse tipo de coisa. Ainda mais quando são pessoas queridas!

(e se você tem alguma dúvida, não, eu não chorei por causa de nenhuma prova de gastro, mesmo que eu tenho estudado que nem uma vaca atolada e tenha tirado um patético 7,1 - provavelmente a pior nota do meu grupo.)

domingo, 5 de julho de 2009

Mas que diabos tá acontecendo em Honduras?!?!
Ficaram a semana inteira falando na porcaria da morte do infeliz do Michael Jackson e ninguém para me dizer que deram um golpe de estado em Honduras?!?! E alguém sabe me explicar alguma coisa sobre esse raio desse país?

Deus, eu PRECISO de férias!

Praticamente eu

(Nossa! Como eu perco fácil a perspectiva das coisas!)

sábado, 4 de julho de 2009

(Tem dias que eu acho que não sirvo para aquilo que tô fazendo.)

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Ok, focus!
Prova de clínica.
Prova de clínica.
Prova de clínica.
Tá, tá, tá, pronto, me controlei. E avisei o warlord que eu vou ter que montar um exército melhor. Ele me disse que eu posso entrar na próxima guerra depois que meu exército estiver bem formado.
Jesus Cristo! Alguém por favor venha aqui me dar uns tapas! Eu tenho a pior prova do semestre para fazer na segunda-feira e tô aqui planejando mandar suprimentos para uma guerra entre alianças num joguinho desses online que eu descobri essa semana. Somebody shoot me, now!
Por que as pessoas dão tão pouco valor para aquilo que vem fácil?
Tente prender a respiração por mais de trinta segundos e talvez minhas angústias fiquem mais fáceis de compreender.
(eu escreveria hoje, se tivesse mais tempo)

quinta-feira, 2 de julho de 2009

E essa minha mania de colocar as pessoas em redomas de vidro e criar com elas o pequeno mundo da rosa, esquecendo que logo ali ao lado estão os meus vulcões!