sexta-feira, 30 de maio de 2008

I'm a rockstar, baby!

Best joguinho ever. A Cris ensinou aqui, depois de ter visto aqui.

É assim:

Acesse http://en.wikipedia.org/wiki/Special:Random - o título da primeira página aleatória que aparecer será o nome da sua banda.

Vá para http://www.quotationspage.com/random.php3 - as últimas quatro palavras da última frase da página serão o título do seu disco.

Acesse http://www.flickr.com/explore/interesting/7days/ - a terceira foto, não importa qual seja, será a capa do seu disco.

Aí você mesmo monta:

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Hoje foi um dia de desafios.
Mas, afinal de contas, isso é justamente o que eu fui buscar lá.

Aliás, tem dias em que eu acho que nem sei mais direito o que estou fazendo.
E tem dias em que eu tenho certeza.

domingo, 25 de maio de 2008

So true it's almost scary



"If you can make a girl laugh, you can make her do anything."
Marilyn Monroe

(Oh, dear, you should never have told them that!)

sábado, 24 de maio de 2008

Múltiplas interpretações

Orkut, sorte de hoje: Hoje você vai ver um biscoito da sorte que nunca viu antes.

Ui!

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Vou comprar Mon Bijou até morrer!

* * *

Viva as endorfinas!!!

Uma hora de caminhada depois...

Tá, parei de reclamar.
Tenho uma amiga que, no início do ano que vem, vai casar pela terceira vez. Alguém pode me dizer o que há de errado comigo?!?!

(Foi uma pergunta retórica, pessoal! Pessoal, pergunta retórica, viu?, NÃO é para responder! Shhh, quietos!)
A porra dos comentários dessa bosta de blogger não tá funcionando. Sei que as massas estão desesperadas para darem sua opinão, leitores aos prantos querendo interagir, mas não se desesperem! O clamor de tantas vocês será ouvido e o blogger vai resolver mais essa merda.
Porque eu já tentei, já mudei as configurações de tudo quanto foi jeito e a porcaria não responde.
Só nos resta dar as mãos, chamar a caravana de Volta Redonda e orar por uma solução.
Não percam a fé.

(Até porque eu tô num mau humor do caralho - como bem se percebe pelo palavreado fino desse post - então ninguém tá perdendo muito em não interagir comigo nesse momento.)

Fiquem bem.

quinta-feira, 22 de maio de 2008

A Lady who Thinks She Is Thirty

by Ogden Nash

Unwillingly Miranda wakes,
Feels the sun with terror,
One unwilling step she takes,
Shuddering to the mirror.

Miranda in Miranda's sight
Is old and gray and dirty;
Twenty-nine she was last night;
This morning she is thirty.

Shining like the morning star,
Like the twilight shining,
Haunted by a calendar,
Miranda is a-pining.

Silly girl, silver girl,
Draw the mirror toward you;
Time who makes the years to whirl
Adorned as he adored you.

Time is timelessness for you;
Calendars for the human;
What's a year, or thirty, to
Loveliness made woman?

Oh, Night will not see thirty again,
Yet soft her wing, Miranda;
Pick up your glass and tell me, then--
How old is Spring, Miranda?

terça-feira, 20 de maio de 2008

O vazio é sempre a parte mais difícil.

domingo, 18 de maio de 2008

Downloadeiem Máquina de Pinball digrátis aqui, com as bençãos da autora.

Certas coisas me fazem voltar a ter fé na humanidade.
True friends are the ones who would let you in their zombie shelter.

sábado, 17 de maio de 2008

Zélia Gattai foi encontrar Clarice Lispector.

sexta-feira, 16 de maio de 2008

(Re)encontrando espaços.

Das boas constatações

É engraçado isso; eu nunca acreditei muito que se pudesse amar muito uma pessoa mesmo estando longe e querer o bem dela mesmo sem ser junto da gente, mas sabe que é verdade?

Pictures of Walls ou Hey, I want a dog like that!

Nem tanta aligria assim é ir dormir às 2h da manhã e ter aula cedo no outro dia. (que bom que era aula boa, senão eu era capaz de nem ir...)
Aligria é você poder dizer frases do tipo "é que entre os humanos-marmotas e os humanos-humanos, eu prefiro sem dúvida os humanos-marmotas", e ser perfeitamente compreendida.

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Bosda de gribe, eu dô realmendi me sentindo bal.
Sofrimento também vicia.

terça-feira, 13 de maio de 2008

Tudo, menos isso!

Meudeusdocéu, o que foi que eu fiz de tão horrível?!?!?!?!?!

Update: esse post será updateado depois da janta, porque eu tô morrendo de fome.
(mas não se assutem, tô bem.)

Update do update: esse post só será updateado depois do banho, porque agora tudo o que eu quero e ir para baixo de um chuveiro quente. Tô cansada... no sentido amplo da coisa. Acho que tô pegando gripe outra vez. Ou talvez seja só minha alminha pequena reclamando do cansaço todo por meio de um pouco de ranho.

Update do update do update: esse post não vai ser updateado porcaria nenhuma. Eu e a minha Consciência conversamos longamente e ela me disse que não, eu não fiz nada de horrível. E eu tô de saco cheio! Eu tenho tanto direito de me sentir magoada quanto qualquer outra pessoa! Eu tô cansada, eu tô chateada, eu tô na TPM, eu tô ranhenta, e minha nasofaringe tá ardendo! Não quer mais dividir comigo algumas coisas? Tá achando ruim a minha companhia? Vá pastar!

sábado, 10 de maio de 2008

Da série Coisas que eu gostaria de ter escrito ou Estudando genética

"Fui ali checar meu cariótipo e constatei que tenho zerossomia do cromossomo da paquera."

Mas quem escreveu foi ela.

Da obviedade

Ninguém salva a gente de si mesmo.

Da série Diálogos

- E sobre o que era o filme?
- Sobre a estupidez humana.
- Quase todos são, eu queria saber a história.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Humpf!

Muita vontade de ficar escrevendo, mas preciso terminar de preparar a apresentação de epidemiologia, estudar alemão e estudar genética, tudo ainda hoje.

Alguém quer vir aqui tomar conta da minha vida enquanto eu vou ali no Havaí surfar e já volto?

terça-feira, 6 de maio de 2008

"Sentir é a única forma de compreender."

Não importa de quem ouvi essa frase, só queria dividi-la com vocês.

segunda-feira, 5 de maio de 2008

domingo, 4 de maio de 2008

"Eu sou Alice e estou à procura do coelho branco."

Defina quem você é e defina sua busca.
Parece simples, mas não há nada mais difícil.

sábado, 3 de maio de 2008

Filosofar é aprender a morrer.

Montaigne

Não, não é.

Maritza

sexta-feira, 2 de maio de 2008

Seminários cretinos sobre assuntos que não interessam a ninguém e que não serão ouvidos quando forem apresentados.
Agora alguém me explique porque diabos eu tenho que fazer isso.