segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Céus! Eu não ando nada boa e meu inferno astral ainda nem começou.

domingo, 29 de agosto de 2010

It's no secret that a friend is someone who lets you help.

- The Fly -

U2

quinta-feira, 26 de agosto de 2010
























Mais informações no site, é só clicar aqui.
Não me entendam mal; eu quero muito ter um "amor da minha vida" e viver com ele e possivelmente ter uma família e certamente ter um cachorro.

Mas que eu tenho um medo desgraçado disso tudo, eu tenho.

O mundo bizarro das pessoas que gostam de você de verdade.

Hoje minha médica tava me falando de um amigo dela que tem uns 40 anos e tá tri a fim de casar mas não encontra nenhuma mulher legal que queira a mesma coisa.

Fiz cara de paisagem.
... depois que consegui controlar a dispnéia e a taquicardia.

Quem sabe viver é assim

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Pessoas fofura, pessoas delícia, pessoas cuidadosas, pessoas gentis, pessoas delicadas, pessoas amorosas, pessoas divertidas, pessoas criativas, pessoas carinhosas.

Existem aquelas pessoas que eu tenho vontade de mandar tomar no "cú", mas na maior parte do tempo, minha vida está cheia de pessoas legais.

domingo, 22 de agosto de 2010

Tua alma - sempre tão delicada - tua alma me ajuda a existir.

sábado, 21 de agosto de 2010

Não sei porque tanta culpa em reservar um tempo para mim. Não tenho responsabilidades com a vida de ninguém, meu tempo é meu na medida dos compromissos que eu decido assumir. Não devo nada para ninguém, a não ser para os meus pais - e eles são os melhores "credores" que existem, porque a verdade é que a minha vida é uma das coisas mais baseadas em amor que eu conheço nesse mundo - , por que diabos então, por que diabos, meu deus, eu vivo como se tivesse que dar satisfação para os outros?

Todos à merda, sim?

Pela atenção, obrigada.

domingo, 15 de agosto de 2010

Tô muito precisando de ajuda para estudar.
No idea de como vou resolver isso.

sábado, 14 de agosto de 2010

A escrita como forma de oração.

- Kafka -

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Vamos fazer um abaixo-assinado?
















(...)

Eu cresci em uma biblioteca e isso quase não é uma metáfora

E eu me remôo à procura de saber: será que você vem aqui? Será que algum dia já veio?
Ficava querendo aplicar em você o efeito Scheherazade, mas não sei se funcionaria; tampouco sei se é necessário. Eu sou sua prioridade ou sou só uma opção? E por que diabos eu mesma não consigo saber o que quero?

Eu provavelmente não deveria escrever isso aqui, mas estou cansada de encolher a minha alma.
Em algum momento da minha semana eu tinha até considerado sair hoje à noite, mas tá frio demais para isso.
Superprodução (ou superpostação) hoje, mas quase nada do que eu gostaria mesmo de escrever.

A vida é uma coisa meio complicada



















(...)
...
Ultimamente os textos me escapam. Não paro para escrever, e eles simplesmente surgem e desaparecem da minha cabeça. Às vezes parece que estou perdendo a prática, mas já conheço essa sensação mais de um milhão de vezes, e nunca acaba algo que é parte indissociável da gente. Talvez seja uma preguiça profunda de tudo que de vez em quando me abate. Talvez seja uma melancolia química. Ou pura e simplesmente como disse um amigo esses dias: “isso é falta de sexo”.

Gandalf is gay, sex is magic.

I get up every morning determined to both change the world and have one hell of a good time. Sometimes this makes planning my day difficult. ~ E.B. White

Formspringue.me

O melhor da profissão que vc escolheu. O melhor de tudo.

Mas o melhor da Letras ou o melhor da Medicina?

O melhor de ser professora era ver os alunos crescendo nas situações de ensino-aprendizagem que eu proporcionava.

O melhor de ser tradutora era o contato com assuntos diferentes, alguns até inusitados; coisas sobre as quais eu nunca pensei que aprenderia alguma coisa.

O melhor da medicina até agora é difícil definir. Eu diria um monte de coisas, mas talvez possa resumir tudo dizendo que o melhor da medicina é que ela tem me tornado mais humana.

Verdade ou consequência? Verdade. Pergunte aí.

Sim, eu deveria estar estudando.

Formspringue.me

O que você considera mais intensamente prioritário na vida? (Falo de coisas completamente íntimas, que excluam família e qquer relação com pessoas - ainda que possa incluir uma postura para com elas.)

Descobrir um jeito bom de estar no mundo, embora eu não saiba definir muito bem o que é "um jeito bom".

Verdade ou consequência? Verdade. Pergunte aí.

Formspringue.me

Tem algo que vc sente que sempre consegue fazer pelos outros, mas nunca por vc mesma?

Sim, acho que sou mais paciente e tolerante com os outros do que comigo mesma. E é sempre mais fácil sugerir soluções para problemas que não são os meus.
Aliás, em geral a gente vê como uma frase um pouco negativa dizer que os problemas dos outros são sempre mais fáceis de resolver do que os nossos, mas talvez essa seja uma das princiais utilidades dos amigos. Amigo é aquele sujeito que vai ajudar você com os seus problemas justamente porque não são os dele. E, convenhamos, essa é uma daquelas coisas que torna a vida muito mais fácil e divertida.

Verdade ou consequência? Verdade. Pergunte aí.

Formspringue.me

Paixão ainda é um negócio meio complicado de lidar, mas eu confesso que a idade me ajudou um bocado. E você? Como ficou seu jogo mortal de gato e rato com a paixão dos vinte anos para cá?

Bá! Acho que ainda não aprendi lhufas sobre a paixão! É sempre a mesma coisa! Tenho medo, me enredo, mergulho, me quebro, me entrego, me extasio, vôo, me afogo, me enlevo, vou ao céu e passo pelo inferno.
Quando eu menos espero, começa tudo de novo.

Verdade ou consequência? Verdade. Pergunte aí.

Formspringue.me

Qual foi o ano mais importante da sua vida? E por que?

Não tenho a menor idéia!
Poderia ser o ano em que nasci, pela razão óbvia.
Meus 14 anos, porque foi um ano em que aprendi muuuuuito sobre como entender a vida e as pessoas. E foi a primeira vez em que me apaixonei.
Poderia ser o ano em que eu entrei na medicina, porque com isso dei uma virada radical na minha vida.
Talvez pudesse até mesmo ser o ano passado, porque aprendi muitas outras coisas que não vou explicar aqui.
E quem sabe seja esse aqui mesmo, ou talvez o próximo, ou quem sabe o outro, porque a cada ano eu aprendo mais, eu cresço, eu me reinvento. Depois de um empenhado trabalho terapêutico - e esse não tem um ano preciso, foram muitos! - eu aos poucos fui aprendendo a gostar de mim.

Tem sido legal.

Verdade ou consequência? Verdade. Pergunte aí.

Formspringue.me

O que faz pra passar o tempo sozinha?

Sem contar o estudar, né? Aí eu gosto principalmente de ler toda uma variedade de coisas e de escrever. Também fico de bobeira na internet... talvez até mais tempo do que eu deveria.

Verdade ou consequência? Verdade. Pergunte aí.

Formspringue.me

E se fosse um X-men, qual gostaria de ser?

Wolverine!!!!! Poder de cura é a coisa mais legal que existe!

Verdade ou consequência? Verdade. Pergunte aí.

Formspringue.me

Qual foi a coisa menos romântica que vc já se ouviu obrigada a dizer para alguém logo depois do sexo?

Puxa! Pergunta difícil, sei responder não. Uma ou outra vez já ouvi merdas que me magoaram para caramba, mas acho que obliterei da minha mente as merdas que eu mesma eventualmente possa ter dito. :-/

Verdade ou consequência? Verdade. Pergunte aí.

Formspringue.me

O trocadilho de alguns posts atrás era entre oncologia, ontologia e filosofia. Explicando assim, não tem graça nenhuma. A propósito: você tem alguma fantasia sexual bizarra envolvendo celofane colorido e viagens à Europa?

Nah. O celofane colorido era para fazer um óculos para ver fotos em 3D. E isso não tem nada a ver com a minha viagem à Europa.
Eu definitivamente não tenho a tua criatividade.
Sorry.

Verdade ou consequência? Verdade. Pergunte aí.

O Ciclo da Vida

Nascer. Gostar das pessoas. Morrer.

domingo, 8 de agosto de 2010

Momento Yahoo! Respostas

Você já usou inibidor de apetite (inibex, hipofagin) alguma vez?
Como foi a experiência?

Não, eu não enlouqueci e não tô indo atrás de anfetaminas com receitas de procedência suspeita, foi sugestão do meu médico, porque eu engordei muito nas férias, mas eu tô muito em dúvida se vale a pena usar esse negócio.

How To Be Alone - A poem by Tanya Davis

- A poem
...

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Não adia o silêncio, abraça-o.



















(...)
Tenho medo de propor ao mundo um excesso de liberdade que nem eu mesma saberia adminstrar.

Se vocês querem mesmo saber

Ninguém nunca entendeu a superfeminista. Aí ela resolveu se recolher para um dos muitos sótãos da minha alma, e só deus sabe se um dia sairá de lá.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

E se a gente fosse para Buenos Aires no feriadão?

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Endless fun

Gastrenterite, febre, dores no corpo.
Mais uma segunda-feira deliciosa para você!

domingo, 1 de agosto de 2010

Dias improdutivos me dão nos nervos!
Você sabe que está em outro planeta (e que ele não tem conserto) quando alguém se refere à Simone de Beauvoir como "a mina do Sartre".

Dúvida cruel

Faço uma das dez mil coisas que tenho para fazer ou largo tudo e fico escrevendo?