sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Cardápio de hoje: gororoba de brócolis com miojo

Lave e corte o brócolis. Coloque-o nos 300ml de água que você posteriormente usará para fazer o miojo. Acrescente um pouco de páprica e orégano. Esqueça o sal, porque você é uma retardada.
Quando a água começar a ferver, acrescente o miojo. Constate que não há espaço para tudo e comece a catar os pedaços de brócolis com um garfo enquanto partes do miojo cozinham e partes ficam duras.
Quando tiver tirado a maior parte do brócolis da panela, o miojo já estara completamente submerso, e você perceberá que esqueceu de contar os três minutos regulamentares.
A esta altura, o miojo estará perto do ponto de putcheca. Escorra um pouquinho da água, acrescente o brócolis fervido e o molho em pó que vem junto com o miojo.
Sirva.
Constate que ficou uma porcaria intragável.
Desespere-se. (assim mesmo, com ênclise)
Retorne o conteúdo do prato à panela, volte ao fogão e, em fogo baixo, acrescente duas generosas colheres de sopa de queijo parmesão ralado e uma de requeijão.
Misture até atingir o ponto, a consistência e principalmente aquela sonoridade característica da putcheca.
Sirva.
Coma.
Fique feliz, porque você não é somali.

7 comentários:

Ana Paula disse...

Acho que ali naquela parte entre retornar o conteúdo à panela e acrescentar o queijo e o requeijão, eu pediria uma pizza.

.Kel. disse...

qualquer coisa com queijo e requeijão fica "comível" hehehe

Nina disse...

HAHAHAHAHAHAHA
Adorei a receita!

Largar uma colherzinha de manteiga depois de apagar o fogo fica bom. Ou mais melequento. Mas isso SEM o requeijão, claro.

Quanto aos três minutos regulamentares... Bem, esses jamais observo. Pra quê só três minutos se posso esperar 10? Frescura! rs

Maritza disse...

Hehehe, a pizza não seria má idéia.

E tenho que concordar que com queijo, requeijão ou manteiga quase tudo pode ser salvo.
É que nem chocolate. Com chocolate acho que até barata eu comia!

yaralucas disse...

Os 3 minutos são lenda. Em 3 minutos o macarrão ainda tá duro, pior de comer do que se fosse o ponto de putcheca.

E concordo com a manteiga, ela tem poderes milagrosos de desengororobar comidas :o)

Maritza disse...

Hehehehe, manteiga rules! \o/

Anselmo disse...

A desgraça da tua refeição foi a salvação do meu domingo! Chorei de tanto rir! Consegui visualizar teu desespero na cozinha. E me senti mei mal por não estar aí e te socorrer com uma refeição adequada.

Pense positivo! Ao menos tu não tens que pagar 12 reais por uma galinha congelada de 900 gramas da Avipal!