sábado, 13 de outubro de 2007

Resoluções de ano novo

Não tentar esconder o que ninguém consegue enxergar.

Não me proteger batendo.

Não esperar que me dêem limite; por alguma razão as pessoas se acanham de me dar limites. Não era assim antes, o que mudou?

Não remoer obsessivamente o que não tem solução.

Aprender a aceitar a minha própria, e infinita, incompetência.

Aprender a ficar quieta.

3 comentários:

Ana Paula disse...

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Então me ouve!!

Fubangos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fubangos disse...

Eu te dou limites. À chicotadas, inclusive.